A mudança de vida das Marisqueiras de Goiana.

Image

A virada na vida das mulheres que trabalhavam na pesca artesanal de ostras e mariscos em Tejucupapo, município de Goiana, Mata Norte de Pernambuco, que perderam seus trabalhos, diante do fechamento de bares e restaurantes pela pandemia da Covid-19 e que, agora atuam na produção e na indústria de camarão.

Mulheres guerreiras que, segundo o Diretor Geral da Carapitanga, Marcelo Varela, possuem melhor produtividade, com uma produção acima da média. Para elas, uma grande oportunidade de trabalho e de esperança de dias melhores para seguir em frente. 

 

Acesse o link e veja a matéria completa

https://youtu.be/l6VNFT1MFq4

CONTATO